Organize a sua vida para o próximo ano Organize a sua vida para o próximo ano

Organize a sua vida para o próximo ano

7 minutos para ler

O final do ano está chegando e o seu dinheiro sempre vai embora com tanta festa? Saiba que você não está sozinho nessa situação. Seja com os custos dos presentes, a compra de roupas para ir às confraternizações com estilo, ou ainda em viagens com a família, a verdade é que a maioria da população enfrenta inúmeras tentações nessa época e perde o controle das finanças com a chegada do mês de dezembro. 

A questão é que, depois de tanta comemoração, todos esses gastos acabam sendo sinônimos de começar o próximo ano com dívidas e dificuldade para lidar com as contas que não param de chegar. E já sabe, né? Começou assim, é bola de neve até mais um final de ano. Então, tendo em vista que toda virada representa uma oportunidade de trocar a chave de vez para um hábito diferente, convidamos você a começar 2020 com foco no orçamento equilibrado, sem abrir mão de aproveitar as tradições que marcam o final do ano! Neste post, listamos algumas dicas práticas para ver como é possível ter organização financeira mesmo na época mais tentadora do ano. Confira!

Saiba o quanto pode gastar com presentes

A vontade de presentear todas as pessoas queridas é grande no Natal, mas esse desejo não pode ultrapassar o valor que você tem em conta para isso. Delimite inclusive o quanto pode ser gasto com os cartões e embrulhos! Para quem tem familiares e amigos que moram longe, também vale a pena calcular os custos com frete.

Ir às compras sem saber o que é necessário estimula os valores desperdiçados com o não passa de uma “vontade” (e não uma real necessidade) e é uma das razões para gastar mais do que se pode nas compras de final de ano. Não se esqueça das roupas para as festas!

Pense no que pode mudar em seu estilo de vida

Existem coisas na sua vida que nem são necessárias, mas você faz simplesmente por força do hábito ou pela influência de amigos, conhecidos e até mesmo por conta de propagandas massivas, não é mesmo? O que você ainda não percebeu é que algumas dessas coisas que parecem tão pequenas e inofensivas podem fazer o seu dinheiro ir todo por água abaixo. Sabe a academia que você paga todos os meses e não vai sequer uma vez por semana ou a televisão por assinatura que você nem utiliza porque prefere assistir filmes pela internet? Termine o ano cancelando esses serviços. Eles só ocupam espaço na sua fatura do final do mês. Também vale pensar em substituições mais econômicas, como a academia, por exemplo, que pode ser trocada por uma caminhada ao ar livre ou por exercícios guiados em casa. 

Determine as suas prioridades para o próximo ano

Sabe aquela lista de metas que muitas pessoas fazem nos últimos dias de dezembro, mas poucas seguem no ano seguinte? Ela ainda pode ser a melhor aliada para você economizar e não ver todo o seu dinheiro “desaparecer” ao longo de 2020. Ao definir o que é mais importante e aquilo e o que realmente deseja conquistar ao longo dos próximos doze meses, você terá uma visão geral do que é essencial e do que pode ser deixado de lado. Quer um exemplo? Se a sua meta para o próximo ano é entrar na faculdade, vale a pena já pesquisar o valor das mensalidades para saber quanto terá que reservar em cada mês para conseguir fazer o pagamento em dia. Você precisa pagar aluguel? Contas do carro? Tudo isso deve ir para o papel, assim como planos de viagens, festas e outros planos para diversão, que também são super importantes.

Utilize a técnica dos envelopes

Já aconteceu de você gastar com alimentação o dinheiro destinado para o transporte? Você deixou de fazer um curso que queria porque usou o valor para fazer uma viagem inesperada? Tudo isso acontece por um motivo simples: falta de organização. Mas se você pensa que terá que lidar com planilhas gigantes para solucionar esse problema, pode se tranquilizar, pois um jeito mais fácil de se organizar é fazer o uso de envelopes. Físicos, isso mesmo!A técnica consiste em ter um envelope dedicado para cada coisa que precisa ser paga: contas de casa, educação, saúde, alimentação e lazer, por exemplo. Dessa forma, você terá mais disciplina na hora de controlar os seus gastos e ainda conseguirá identificar formas de reduzir os seus custos. Vale também seguir para os apps, se você for dos tecnológicos!

Aproveite as oportunidades para obter renda extra

Uma boa maneira de começar o ano com a conta no positivo é fazendo dinheiro novo, com algo que lhe dê renda extra. Então, aproveite para vender aquelas roupas que você não usa mais, os livros que já leu ou até mesmo algum objeto que já estava pensando em trocar na sua casa. Ah, e fica a dica: existem sites especializados em vendas que podem ajudar nisso!

Independentemente do local onde você trabalha ou da sua área de formação, a ideia de ter uma renda maior é totalmente válida e há formas variadas de conseguir isso. Você pode aperfeiçoar algumas habilidades para ser promovido, criar seu próprio negócio ou pensar na possibilidade de fazer renda extra com atividades do seu interesse. Os cursos do Saber em Rede, por exemplo, são uma excelente alternativa para que consiga ganhar dinheiro de onde estiver e quando quiser investir seu tempo em sua divulgação! Basta acessar www.saberemrede.net e indicá-los para seus amigos. Lembrando que cada matrícula rende uma comissão transferida diretamente para a sua conta bancária!

Pense em investimentos

Você é do tipo de pessoa que mal recebe seu salário e já esgota cada centavo poucos dias depois? Cuidado, é hora de começar a pensar no seu futuro!

Uma boa forma de criar o hábito de investir mensalmente a partir do próximo ano é:

  • Determinar um valor específico a ser reservado logo que receber o salário;
  • Escolher uma data inadiável para começar;
  • Considerar o ato de investir como uma conta que deve ser paga todos os meses. 

Ou seja, nada de procrastinar nessa tarefa! Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é preciso dedicar um valor muito alto para se tornar um investidor. Na verdade, é possível começar com menos de cinquenta reais por mês, por exemplo! Então, comece o quanto antes e tenha em mente os objetivos de seus investimentos. Defina se eles são para algo a médio prazo, como uma viagem que você deseja fazer daqui a alguns anos, ou para planos maiores, como a aposentadoria ou a compra de um imóvel.

Agora é com você: comece a organizar sua vida financeira para terminar o ano sem estresse e começar um novo de ouro! Ah, é claro: não deixe de nos acompanhar no Instagram, no LinkedIn e no Facebook para mais conteúdos gratuitos como esse!

Posts relacionados

Deixe uma resposta