Marketing pessoal: como aplicar a técnica na carreira Marketing pessoal: como aplicar a técnica na carreira

Marketing pessoal: como aplicar a técnica na carreira

7 minutos para ler

O marketing pessoal é uma das estratégias mais eficazes para a promoção de si. Isso porque, sua abordagem é proveniente do marketing tradicional, porém, concentrada no perfil do profissional e não de uma empresa. Isso ajuda a fortalecer a credibilidade, atrair a atenção de clientes e posicionar você como uma referência na sua área.

Sendo assim, essa é uma ferramenta indispensável, especialmente para os trabalhadores autônomos e freelancers. Você quer entender melhor como desenvolver e promover uma marca pela qual o seu trabalho seja reconhecido? Continue a leitura e entenda tudo o que é necessário para adotar o marketing pessoal na sua carreira!

O que é o marketing pessoal?

Assim como o marketing convencional busca o fortalecimento de uma marca frente aos consumidores, o marketing pessoal tem por objetivo reforçar a marca pessoal de um profissional diante dos seus clientes. Dessa maneira, ele fortalece a credibilidade e reforça a autoridade do indivíduo de maneira estratégica dentro da sua área.

Para tal, esse método utiliza as principais características e diferenciais de um trabalhador no intuito de salientar o valor que elas podem criar para os clientes. Outro aspecto interessante é que o marketing pessoal também ajuda a desenvolver outras competências relevantes para criar uma marca realmente influente e diferenciada.

O marketing pessoal se configura pela autopromoção, mostrando o verdadeiro valor profissional que pode ser gerado na contratação do serviço prestado, seja por meio de um emprego CLT, seja de maneira autônoma.

Como o marketing pessoal ajuda a desenvolver a carreira?

O marketing pessoal ajuda a desenvolver a carreira sob muitos aspectos. Para começar, ele tem o grande poder de atrair a atenção do seu público para o seu trabalho. Quando a sua imagem não está sendo consistente com a sua atuação, especialmente nas redes sociais, você pode estar perdendo inúmeras possibilidades.

Alinhar tudo isso é de suma importância para gerar credibilidade naquilo que você faz, negociando produtos e serviços de outras empresas ou vendendo a sua própria imagem. Aqui mora outro fator fundamental para a sua carreira: você só tem aplicado as suas habilidades para o sucesso dos outros? Por que não começar a encarar a sua carreira como um grande negócio?

O marketing pessoal ajuda você a investir em seu próprio talento, mostrando suas competências em tudo o que você faz e não apenas no aspecto profissional.

  • Você é um bom comunicador?
  • As pessoas e os clientes desejam saber mais sobre o que você está apresentando?
  • A apresentação que você faz de si mesmo faz as pessoas terem vontade de marcar uma entrevista ou reunião com você?

No meio digital, suas principais potencialidades ficam organizadas de uma forma lógica e atrativa, com ideias e resultados dispostos de tal forma que as pessoas realmente conheçam o seu trabalho antes mesmo de conhecer você. Com isso, você conquista a confiança dos seus clientes e das empresas, um ponto-chave para dar um boom na sua carreira.

Freelancers e trabalhadores autônomos, especialmente vendedores, sabem a importância de aumentar a confiança dos clientes no seu trabalho. Desse modo, você precisa demonstrar para o seu público que confiar no seu trabalho vai aumentar os resultados dele, fazendo muito mais do que “vender o seu peixe”, pois você construirá uma relação de benefícios múltiplos.

Por que o marketing pessoal é importante?

Muitos profissionais buscam diariamente sua qualificação. Independentemente do segmento de atuação, é comum que esses trabalhadores estejam se qualificando por meio de novas experiências, cursos, treinamentos e das mais diversas capacitações. Portanto, é importante que toda essa busca seja devidamente promovida e divulgada.

Por outro lado, isso tudo gera um ambiente de extrema competitividade no mercado de trabalho, sendo imprescindível encontrar formas de se destacar em meio aos demais talentos. O marketing pessoal se encaixa perfeitamente nesse contexto, proporcionando uma comunicação clara sobre o valor e os diferenciais de um profissional.

Você preferiria contratar um profissional que apresenta apenas um simples portfólio em sua mesa ou aquele que realmente o convence de que você precisa especificamente dele para alavancar seus resultados?

Como desenvolver seu marketing pessoal de forma estratégica?

O desenvolvimento estratégico do marketing pessoal é o que vai potencializar toda ação adotada posteriormente. Como assim? Você pode realizar várias atividades para divulgar seu trabalho e sua imagem profissional, no entanto, se elas não forem concisas com aquilo que você quer transmitir, não gerarão tanto resultado.

Por isso, comece reconhecendo a sua missão, visão e valores, tal como se fosse uma empresa. Veja:

  • missão: o que move você e realmente o faz querer entregar mais para os seus clientes?
  • visão: onde você pensa estar, profissionalmente, em alguns anos?
  • valores: qual é a sua postura profissional e as condutas das quais você não abre mão?

Isso torna mais claro o tipo de profissional que você quer ser e aquilo que você jamais corromperia para chegar lá. Ignorar essas variáveis pode culminar em frustração ao longo da jornada ou ainda fazer com que você se venda como uma solução que você não é.

Lembre-se que o verdadeiro valor da sua entrega está na sua autenticidade, por isso, entregue a verdade sobre você. Sobre isso, existem outras ferramentas que podem expandir o seu autoconhecimento e ajudar a impulsionar sua carreira, como a Matriz SWOT.

Nela, você identifica todos os aspectos que o tornam uma verdadeira potência no mercado e todos aqueles pontos que podem causar dificuldades. Isso é importante para que você saiba exatamente quais habilidades desenvolver e de quais problemas se prevenir.

Como trabalhar o marketing pessoal?

Agora que você já sabe como montar uma estratégia de marketing pessoal, é chegada a hora de conhecer algumas práticas eficientes para promover o seu trabalho. Confira:

  • utilize as redes sociais: elas são uma forma bastante acessível de promover sua imagem, fazer networking, encontrar novas oportunidades e se tornar presente na lembrança do seu público;
  • invista em networking: pessoas se conectam com pessoas, por isso, manter um bom relacionamento com seus pares profissionais, gestores e clientes é essencial;
  • tenha uma marca: ser a sua própria marca é um conceito maravilhoso, mas realmente é preciso ir além e ter um logo, um site ou algo que ajude as pessoas a associarem essa imagem a você;
  • participe de projetos sociais: muitas vezes, esse tipo de projeto ajuda na divulgação da sua marca — você pode trocar serviços voluntários por novas experiências e ainda ganhar visibilidade;
  • aprenda a argumentar: essa é uma habilidade indispensável e você, com certeza, a utilizará muito — aprenda a convencer as pessoas sem parecer forçado ou insistente, apresente soluções reais;
  • conte histórias: as pessoas se conectam com histórias, elas geram empatia e ajudam a visualizar melhor os benefícios de determinados serviços, utilize isso a seu favor;
  • seja visto: algumas vezes, será necessário promover o seu trabalho nas redes sociais por meio de anúncios pagos, isso pode ajudar a aumentar o alcance das suas publicações e a turbinar seus contatos.

Como você viu, o marketing pessoal é uma ferramenta poderosa que pode beneficiar você em muitos aspectos. É importante lembrar que essa é uma técnica para sua carreira e sua imagem ficarem mais consistentes e confiáveis diante dos consumidores. Ou seja, investir nela é investir em você!

Você gostou de aprender mais sobre marketing pessoal? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todos os nossos conteúdos!

Posts relacionados

Deixe uma resposta